Impostos e Taxas, o que eu preciso saber pra começar a investir.

Frequentemente recebo perguntas como: vendi minhas ações esse mês, tenho que pagar impostos? Como faço para pagar? Se eu nunca vender, preciso pagar alguma coisa? E a declaração de imposto de renda, como fica?
Fique tranquilo, é sobre esse assunto que iremos tratar aqui hoje. Vamos falar tudo que você precisa saber sobre impostos e taxas para que você saia esclarecido daqui.

imagem de taxas e impostos

Podemos dividir esse assunto em duas partes. A primeira, é onde eu falo dos cuidados que você tem que ter mês a mês com o pagamento de impostos. A segunda, eu falo sobre a declaração de anual do imposto de renda.

O que eu preciso saber mês a mês sobre impostos e taxas?

A primeira coisa que você precisa saber é: Só paga imposto quem vende.

Então se você é um holder, um comprador, não precisa se preocupar com o pagamento de impostos. Mas se em algum momento você vendeu ou pretende vender, esse conteúdo é para você.

Na bolsa as operações mais comuns são com ações, fundos imobiliários e ETFs.

Impostos sobre ações

Começando com ações, é importante que você saiba a diferença entre day trade e swing trade. Operações de Day Trade são aquelas que ocorrem dentro do mesmo dia. Se aplicam tanto a compra e venda quanto a venda e compra, ambas dentro de um mesmo dia. Quando a operação ocorre em um intervalo de mais de um dia, caracteriza-se uma operação de swing trade. Mas porque estou diferenciando isso? Porque, quando você vende um ação no modo day trade, você tem que pagar 20% do seu lucro para o governo, já no modo swing trade você fica você apenas 15%.

Mas há um detalhe nessas operações. No modo swing trade, caso você venda até 20 mil reais no mês, você fica isento do pagamento de impostos. Mas se atente a esse valor, pois caso passe 1 real desse valor, 15% do seu lucro deve ser pago.

Impostos para FIIs e ETFs

Para os outros ativos, Fundos Imobiliários e ETFs, o imposto a pagar é de 20% sobre o lucro para FIIs e 15% para ETFs. Para esses ativos, não há isenção de impostos.

O que não te contaram

Se em algum momento você fizer uma operação de venda onde teve prejuízo, calcule a porcentagem referente ao imposto do governo e guarde esse valor, pois ele poderá ser abatido em um próximo momento de pagamento de imposto. Em outras palavras, o governo é seu parceiro tanto no lucro quanto no prejuízo.

Como pagar o imposto?

Você paga o imposto devido através do DARF, Documento de Arrecadação da Receita Federal, e tem até o ultimo dia útil do mês seguinte ao da venda para pagar. Para mais informações sobre geração e pagamento de DARF, escrevemos esse post, que explica como proceder com FIIs, mas os procedimentos são os mesmos para qualquer outro ativo.

O DARF tem um detalhe, você somente consegue emitir DARF acima de 10 reais, então caso seu DARF fique abaixo desse valor, deve guardar o valor e esperar para acumula-lo com um próximo DARF.

Declaração de Imposto de Renda

A principal coisa que você tem que saber aqui é: Se você comprou ativos de renda variável, tem que declarar! Ahhh mas eu sou isento, não importa, você continuará isento, porem terá que declarar.

Não irei entrar nos detalhes de como fazer a declaração pois isso é assunto suficiente até para um pequeno livro. Porém, vou deixar uma dica de ouro aqui para vocês: use o MEUSDIVIDENDOS.COM. Nesse site, além de você encontrar várias utilidades para controle dos seus investimentos, você encontra partes dedicadas exclusivamente à impostos. Ele te entrega mastigado o que você precisa fazer em sua declaração.

Concluindo…

Sei que tiveram assuntos e detalhes que não tratei aqui, contudo para que não ficasse um texto tão extenso, resolvi suprimi-los. Caso tenham sentido falta de algum assunto ou ficado em dúvida em algo, deixe aí nos comentários que terei o maior prazer em responder.

Uma última mensagem: não deixe de pagar os impostos, se está pagando, é porque está ganhando.

É isso, bons investimentos pessoal!

Pergunta pra gente!