Diversificar ou não? Eis a questão…

Muito se ouve falar que a diversificação nos investimentos é algo certo e que deve ser seguido. Mas será que realmente é isso mesmo? Já te adianto que não estamos aqui para te falar qual é o jeito certo de fazer isso, apenas apresentaremos os dois lados dessa moeda! Diversificar ou não? Eis a questão…

Imagem sobre diversificação de investimentos

Existe uma fábula muito utilizada em torno desse assunto, a fábula da raposa e a cesta de ovos. Imagine um cenário onde você tem vários ovos e várias cestas e uma raposa querendo comer seus ovos. Qual a melhor maneira de protege-los?

A quem diga que dividindo seus ovos em várias cestas, caso a raposa ataque, ela apenas iria comer poucos ovos, pois ela apenas conseguiria atacar poucas cestas. Mas há também aqueles que acreditam que dividindo em poucas cestas você conseguiria vigiar melhor os ovos e não deixaria a raposa se aproximar.

Na fábula, os ovos são o nosso dinheiro e as cestas são as nossas ações. Repare que os dois pontos chaves que comandam esse assunto são o risco e o controle. Na nossa fábula, colocando em várias cestas, diminuímos o risco, ou seja quando a raposa ataca, perdemos pouco. No entanto diminuímos também o controle, pois com muitas cestas, não vemos a raposa se aproximar. Na outra situação, com poucas cestas, temos um cenário mais arriscado, pois caso a raposa consiga atacar, se fartará com uma cesta recheada de ovos. Porém, como são poucas cestas, é muito provável que você veja ela se aproximando e tome alguma ação para proteger seus ovos. Por exemplo, mudando eles de lugar. Entende como essa situação tem tudo a ver com sua carteira de investimentos?

Risco vs Controle

Quando falamos sobre diversificação, estamos dosando o risco e o controle, assim como na fábula da raposa. Deixarei aqui, os pontos a serem considerados na sua tomada de decisão para aderir ou não a uma diversificação.

Motivos para diversificar

  1. Diminuir o risco individual de cada ativo: aplicando em vários setores e ativos diferentes, a queda de um ativo pode ser suprida pela alta de outro e você acaba ganhando com a valorização média de seus ativos.
  2. Pouco tempo ou conhecimento para acompanhar o mercado: Sim, se você está começando agora a investir na bolsa, e não está familiarizado com os movimentos de mercado e estratégias de alocações dos seus ativos, diversificar é uma boa. Essa é uma questão de controle.

Motivos para não diversificar

  1. Aumentar o controle: Com poucos ativos, sua capacidade de decidir sobre movimentações e estratégias sobre eles fica maior, afinal, você tem mais tempo para focar em poucos ativos.
  2. Possibilidade de retornos maiores: Com uma vigília maior sobre poucos ativos, torna-se mais fácil identificar oportunidades de entrada e saída desses ativos, que podem fazer seus lucros maximizarem. No entanto assim como a possibilidade de retorno é grande, a possibilidade de ruína também.

Dito tudo isso, volto a minha questão inicial a você. Prefere diversificar ou não? Eis a questão.

Pergunta pra gente!